História de São João Del Rei

A história de São João Del Rei começou muito tempo atrás com os indígenas na região, os chamados índios puris. Com a chegada dos bandeirantes no local, tudo foi sendo modificado, próximo do final do século XVI.

Arraial Novo Rio das Mortes

No ano de 1704 foi dado o pontapé inicial do município. Ainda sendo colônia de Portugal, o local foi explorado pelos portugueses muito no Porto Real da Passagem, onde eram cobrado taxas de impostos sobre os produtos comercializados.

A partir do momento em que Lourenço Costa descobre ouro na região, o local passa a ser muito explorado pelos portugueses, pelas riquezas e pela grande quantidade de ouro nas terras, sendo elas divididas para serem exploradas.

O descobridor do ouro na região, Lourenço Costa, era trabalhava como escrivão no Porto Real da Passagem, onde Antônio Garcia da Cunha explorava a travessia do Rio das Mortes.

Com passar do tempo e muita exploração no local, em 1713, Arraial Novo Rio das Mortes foi nomeado como Vila de São João Del Rei, como forma de presentear Dom João V, que era Rei de Portugual.

Vila de São João Del Rei

Com a grande exploração, em grande parte movida pelo trabalho escravo, a região desenvolve diversas atividades agrícolas, mineradoras e começa a crescer na região.

Junto com o crescimento da região, a crise do sistema colonial no Brasil estava em grande declínio, com diversas pessoas infelizes com a situação e altos impostos. Ao mesmo tempo, a exploração do ouro entra em decadência e prejudica toda a região do sul de Minas.

Mesmo com essa queda, a Coroa Portuguesa continuava cobrando altos impostos da população, gerando revoltas por diversos setores da cidade. Foi ai então que surge a Inconfidência Mineira, com diversos membros na região.

A população lutava por um livre comércio e diminuição dos impostos por Portugal. Nesse período, a Vila de São João Del Rei foi escolhida para ser a nova capital do estado, porém em 1789 o movimento enfraquece através da denúncia do Coronel Joaquim Silvério dos Reis.

Quando se tornou cidade e quase capital do Estado

Com a economia bem estabelecida, diversas casas e muitas lojas pela região, com produtos até importados, a vila começa a criar características de cidade. Foi então que, em 6 de março de 1838, a Vila de São João Del Rei se tornou cidade. Haviam no espaço cerca de 1600 casas e algumas ruas conhecidas já.

O crescimento da região e da cidade foi tão grande, que ainda no século XIX, o local já contava com hospital, teatro, cemitério, iluminação e outros diversos serviços.

Em 1881 foi inaugurado a Estrada de Ferro Oeste de Minas, que ligava toda a região com a Estrada de Ferro de D. Pedro II . Com a grande repercussão do local, foi indicada em 1893 para ser capital do Estado de Minas Gerais, e até então aprovada pelo Congresso Mineiro.

Porém, em uma segunda discussão, foi incluído no projeto a cidade de Belo Horizonte, que acaba sendo a vencedora.

Centro Histórico de São João Del Rei

Por onde você queira andar no centro da cidade, você vai se deparar com diversas igrejas no qual remetem ao estilo barroco mineiro, todas construídas a partir do século 18. Com muitos detalhes e diversas partes em ouro, as igrejas e seus sinos são símbolos marcantes da região.

Toda história e muito da religiosidade da região ainda persiste, com diversos encontros e eventos que remetem muito a cultura do passado. As igrejas mais famosas são: Catedral-Basílica do Pilar, Carmo, Mercês e Bonfim, São Francisco de Assis, Senhor dos Montes e Nossa Senhora da Piedade do Bom Despacho. 

Além das igrejas, as casas e construções por toda a região são bastantes antigas e conservadas, deixando o turista intrigado com o passado e muito interessado em toda a história do local, que foi centro de grande disputa da Inconfidêcia Mineira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *